(Período do curso 27/06 – 01/07/2016)

Da esquerda para direita Manoel, Janaína, Samanta, Profs. Bob e Ellen Kaplan, Priscilla, Vinícius e Alexandre
….A MAGIA DA ARTE DE SOMAR….
 
Os últimos 10 dias foram um real divisor de águas… Cheguei no aeroporto com 7 em meu coração (Olivier, você também estava lá <3 ).. Minha equipe linda de São Paulo, trocamos experiências, contamos uns com os outros, nossa família..
Após conexões, ao invés de apenas 7, percebi que já estava com mais 4.. Isso porque a semana nem tinha começado ainda…
No primeiro dia que chegamos, já ouvimos que alguns dos participantes estavam lá porque viriam 6 educadores do Brasil, The Six como nos chamavam. Não vou esconder que além da ansiedade, senti uma cobrança particular, para superar as expectativas, a dificuldade da língua estrangeira e tentar passar a essência do Nosso The Math Circle… 
 
Todos foram incríveis.. muito acolhedores, a ansiedade diminuiu… a dificuldade com a língua foi acabando.. e de repente, estávamos todos nós no The Math Circle.
 
O dia da primeira apresentação chegou, fomos eu e o Vinícius.. uma turminha com 5 crianças, cada uma delas com uma personalidade completamente diferente, tínhamos desde o tímido até a espoleta. Foi muito rico.. estávamos um pouco inseguros, afinal.. não dominamos o inglês..Escolhemos a atividade das meias… ensaiamos, planejamos o início da aula e fomos.. Vimos que criança é criança em qualquer parte do mundo, nosso maior medo foi nosso maior triunfo… As crianças, que no começo estavam envergonhadas, começavam a brincar com o Vinícius, que propositalmente errou ao escrever um número na lousa, elas gargalhavam.. Durante a atividade já tínhamos dois coros “Cross it out“, quando estávamos verificando os pares repetidos e “Let´s check!”, quando perguntávamos como saber se todos os pares possíveis estavam na lousa.

 

Foi mágico! Melhor do que havíamos planejado ou imaginado… Nosso aluno tímido começou a participar, ainda um pouco introvertido, porém interessado e participando… ganhei até um “Hi five!”, rs… A semana passou, e acredito que essa turbulência de sentimentos também tenha acontecido com o restante do nosso grupo, dia após dia, antes e durante as apresentações. Ver meus amigos atuando de verdade, foi incrível, tivemos uma chance única de trocar experiências, feedbacks… A cada dia que passava, mais pessoas vinham ao nosso grupo para assistir nossas apresentações.. Ver o Bob se divertindo durante nossas aulas foi surpreendente e gratificante.
No decorrer da semana, assistimos apresentações de outros educadores, alguns com “nossa essência” outros com uma abordagem um pouco diferente, mas todos com muito amor pelo que faz!
De Educadora a aluna, a todo tempo aprendia uma coisa diferente, postura, conteúdo matemático, maneiras de abordar determinado tema…me diverti como uma criança e aprendi coisas que levarei por toda a vida!
Lembra que cheguei apenas com 7 em meu coração? Voltei pro Brasil com uma família gigante, do tamanho do mundo… E uma imensa gratidão por tudo que tivemos e aprendemos! Obrigada pela oportunidade…

Comentários encerrados.